Histórico da Entidade

O Instituto Brasileiro Pró-Cidadania é uma ONG, entidade de direito privado sem fins lucrativos, constituída em 1995, com a missão de contribuir com a construção de uma sociedade mais justa, através de ações e práticas de inclusão e empoderamento social, tendo sido qualificada como OSCIP pelo Governo Federal e pelo Governo do Estado de Pernambuco.

Suas prioridades são ações voltadas para a construção e disseminação do conhecimento, da educação formal e profissional, na perspectiva do estímulo ao protagonismo social e à elevação dos níveis de empregabilidade.

Organizado em 06 núcleos de trabalho: Educação e Cultura; Qualificação Profissional; Inclusão Social e Cidadania; Eventos, Mobilização Social e Saúde. Em 17 anos de atividades, o Pró-Cidadania atendeu mais de 63 mil pessoas, da alfabetização à qualificação profissional e, só em informática, atendeu mais de 18.000 adolescentes, jovens e adultos. Além disso, através de mais de 300 seminários e cursos, no Brasil e no exterior, foram mais de 30 mil profissionais beneficiados.

O Pró-Cidadania se faz presente e atuante em várias instâncias de atendimento às demandas sociais, seja em ações emergenciais, seja na discussão e construção de políticas públicas, participando de vários conselhos e fóruns municipais e estaduais, nas áreas da assistência social, segurança alimentar, turismo, lixo, meio ambiente e educação. Entre efetivos e colaboradores, conta com profissionais de diversas áreas, como sociologia, economia, psicologia, assistência social, agronomia, advocacia, pedagogia, turismo, informática, biologia, filosofia, entre outras do conhecimento humano.

Entre as campanhas promovidas destacam-se:

  • “Fórum do Terceiro Setor para o Desenvolvimento Sustentável”
  • “Mate a Fome Antes que a Fome Mate”
  • “Cidadania a Mil – 500 dias de luta pela cidadania dos próximos 500 anos”
  • “Seca Destrói. Fome Mata”
  • “Campanha Evangélica de Solidariedade – Doe Alimentos”
  • “Natal de Barriga Cheia, em 2004 e 2005.”
  • “Campanha Paz, Desenvolvimento e Justiça Social para Mata Sul”

Eventos mais recentes (entre 2003 e 2006):

  • Exposição da CEF sobre o Programa de Modernização das Administrações Fazendárias – PNAF, Março 2001. Recife-PE
  • II Encontro Latino Americano dos Centros de Eco-Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável, 20 e 24 de maio de 2003 – Glória do Goitá/PE.
  • IV Conferência Municipal de Assistência Social: Avaliando os 10 anos da LOAS – Realidade da Política de Assistência Social no Recife, julho/2003 – Recife/PE.
  • “Seminário Nordeste: Os desafios Sociais Brasileiros e o Novo Movimento Circulista”, setembro/2003, Recife/PE.
  • “4º Seminário Internacional: Intercâmbio entre Técnicos das Administrações Fazendárias da Alemanha e do Brasil”, outubro/2003 – Alemanha.
  • V Conferência Estadual de Assistência Social, novembro/2003 – Recife /PE.
  • “Fórum Estadual de Experiências Educacionais do Ensino Médio”, novembro/2003, Recife/PE.
  • “I Seminário de Gestão, Fortalecendo a Gestão Pedagógica na Escola”, março/2004, Gravatá/PE.
  • Seminário Metodologias de Trabalho com Mulheres e Gênero, abril/2004 – Recife/PE.
  • I Seminário de Gestão, Fortalecendo a Gestão Pedagógica na Escola, Março/2004 – Gravatá/PE.
  • Seminário Internacional “Administração Pública, Federalismo e Municipalismo”, maio/2004, em Florianópolis/SC, com palestrantes do Brasil, Chile, Argentina, Alemanha e Portugal.
  • Conferência Estadual de Direitos Humanos “Construindo a Política de Direitos Humanos de Pernambuco”, maio/2004 – Recife/PE.
  • ENCONTROS REGIONAIS: O Sistema Único da Assistência Social em Construção, Novembro / Dezembro / 2004 – Afogados da Ingazeira, Carpina, Caruaru, Garanhuns, Gravatá, Palmares, Petrolina, Recife e Salgueiro.
  • Jornadas Pernambucanas do Sistema de Justiça da Infância e da Juventude, dezembro/2004 – Petrolina/PE.
  • SEMINÁRIO NACIONAL OUVIDORES & OUVIDORIAS: Caminhos da Qualidade e da Cidadania na Administração Pública Brasileira. março/2005 – Recife/PE
  • 1° FÓRUM ESTADUAL DE PROTAGONISMO JUVENIL: Uma Terra, Muitas Culturas. abril/2005 – Gravatá/PE.
  • 1ª Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial, maio/2005 – Olinda /PE.
  • 1º SEMINÁRIO NORDESTE DE INCLUSÃO E DESENVOLVMENTO SOCIAL: Realizado no Auditório da FAFICA – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru, nos dias 16 e 17 de Fevereiro / 2006, em Caruaru/PE.

Últimas Experiências com Jovens em Situação de Risco:

PROGRAMA ESTAÇÃO FUTURO – 2004
Curso: Manutenção e Montagem de Computadores

Promoveu a capacitação de 28 jovens em Montagem e Manutenção de Computadores, no período de 15 de junho a 10 de setembro de 2004. O público-alvo compunha-se de adolescentes e jovens, egressos de situação de rua, abandonados na forma da lei, em conflito com a lei, privados de liberdade ou em processo de liberdade assistida, atendidos pelo Projeto Estação Futuro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania do Estado de Pernambuco.

PROGRAMA ESTAÇÃO FUTURO – EMPREGO JOVEM 2004/2005
Cursos: Manutenção e Montagem de Computadores, Atendente de Lanchonete e Garçom.

Realizado na comunidade do Alto do Mandú, em Recife-PE, numa parceria com o Programa Estação Futuro – Emprego Jovem atendeu 120 jovens egressos de situação de rua e sob iminente risco social, mas, em sua maioria, com alguns vínculos familiares. Foram 5 meses de qualificação, com 2 turmas de 20 alunos para cada curso, incluindo os módulos de acolhimento, empoderamento, informática básica e a habilidade específica escolhida pelo jovem, totalizando 360 horas aula durante todo o projeto.

PROGRAMA ESTAÇÃO FUTURO – FUNDAC – 2004/2005
Cursos: Inclusão Digital. Elevação de Escolaridade e Conteúdos de Cidadania e Direitos Humanos.

Durante 5 meses, o Pró-Cidadania respondeu pela Unidade Alto do Mandú do Programa Estação Futuro, atendendo a 28 jovens, entre 15 e 19 anos, abrigados ou ex-abrigados das unidades Casas Vovó Geralda e Harmonia, vinculadas à FUNDAC. Este grupo participou de um processo de elevação dos níveis de socialização e cidadania, escolaridade, informática e educação para o trânsito. Como instrumento facilitador do processo de integração social, optou-se pela realização de oficinas arte-educativas, baseadas no uso de técnicas e práticas cênicas.

PROJETO – Limpadores de Pára-Brisa – Módulo: Qualificação Profissional
Cursos: Manutenção e Montagem de Computadores, Atendente de Lanchonete e Garçom. Número de atendidos: 50 adolescentes e jovens.

Há mais de 2 meses o Pró-Cidadania atende na Unidade Alto do Pascoal do Programa Estação Futuro, a 50 jovens e jovens adultos em situação de vulnerabilidade social, abordados nos semáforos da cidade do Recife, na faixa etária de 16 à 35 anos, com variados níveis de escolaridade, mas, em sua maioria, com baixíssima escolarização. O projeto, ainda em andamento, está passando por alguns ajustes visando otimizar resultados e perspectivas, além de promover ações de capacitação para qualificação profissional, nos cursos de garçom / garçonete e manutenção de microcomputadores, inseriu em sua programação, conteúdos de elevação de escolaridade, permitindo a criação de perspectivas de futuro, para a construção de um projeto de vida socialmente integrado que incentive a sobrevivência em condições dignas para todos os jovens envolvidos.

PROJETO – Limpadores de Pára-Brisa – Módulo: Inclusão Digital
Cursos: Informática Básica, Elevação de Escolaridade, Lazer, Cultura e Esportes.

Há mais de 3 meses, o Pró-Cidadania atende na Unidade Alto do Pascoal do Programa Estação Futuro, a 100 adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social, abordados nos semáforos da cidade do Recife, na faixa etária de 16 à 21 anos, com variados níveis de escolaridade, mas, em sua maioria, com baixíssima escolarização. O projeto, ainda em andamento, está passando por alguns ajustes visando otimizar resultados e perspectivas, além de promover ações de capacitação para qualificação social e educação formal, através dos conteúdos de Informática Básica e Elevação de Escolaridade, permitindo assim a criação das condições intelectuais e psicossociais necessárias para um posterior processo de qualificação profissional e a construção de um projeto de vida socialmente integrado que incentive a sobrevivência em condições dignas para todos os jovens envolvidos.

PROJETO ESTAÇÃO FUTURO NA PERSPECTIVA DO PROTAGONISMO JUVENIL
Projeto: Limpadores de Pára-Brisa
Módulo: Qualificação Profissional
Cursos: Manutenção e Montagem de Computadores, Atendente de Lanchonete e Garçom. Número de atendidos: 50 adolescentes e jovens.

Há mais de 2 meses o Pró-Cidadania atende na Unidade Alto do Pascoal do Programa Estação Futuro, a 50 jovens e jovens adultos em situação de vulnerabilidade social, abordados nos semáforos da cidade do Recife, na faixa etária de 16 à 35 anos, com variados níveis de escolaridade, mas, em sua maioria, com baixíssima escolarização. O projeto, ainda em andamento, está passando por alguns ajustes visando otimizar resultados e perspectivas, além de promover ações de capacitação para qualificação profissional, nos cursos de garçom / garçonete e manutenção de microcomputadores, inseriu em sua programação, conteúdos de elevação de escolaridade, permitindo a criação de perspectivas de futuro, para a construção de um projeto de vida socialmente integrado que incentive a sobrevivência em condições dignas para todos os jovens envolvidos.

Principais Atividades em Qualificação:

Em mais 69 municípios pernambucanos, mais de 29.000 pessoas qualificadas, dentre outros cursos e projetos, assim distribuídos:
15 mil pessoas em informática – jovens e adultos, na RMR e no interior do Estado.

  • 2 mil pessoas em cursos básicos de Inglês e Espanhol, em Recife e Olinda.
  • 2.016 pequenos agricultores capacitados em Apicultura, Avicultura, Caprinocultura, Fruticultura e Olericultura, em parceria com a SUDENE, nos municípios de Arcoverde, Ibimirim, Itaquitinga, Paudalho e São Vicente Férrer.
  • 475 jovens em cursos de Artes Cênicas/Interpretação Teatral, Corte e Costura, Garçom, Informática, Música, Pintura em Tecido e Preparação e Decoração de Bolos e Tortas, Projeto Agente Jovem – Egressos do PETI.
  • 4.800 trabalhadores rurais beneficiados pela implantação de 160 Círculos de Educação e Cultura constituídos e coordenados nos municípios de Palmares, Catende, Ribeirão, Jaqueira e Maraial, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, frutos da execução do Promata/Alfabetização de Jovens e Adultos, segundo a concepção de Paulo Freire.
  • 690 pequenos produtores de cana-de-açúcar, capacitados e assessorados para melhoria da produtividade e da qualidade do plantio, aliado ao reforço da formação básica.
  • 175 educadores populares capacitados e absorvidos no Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos, o que possibilitou a inserção dos mesmos no mercado de trabalho.
  • 1.500 monitores e educadores de apoio das Escolas Rurais de 51 municípios da Zona da Mata e Agreste, capacitados para atuarem no PETI/Bolsa Criança-Cidadã.
  • 214 pessoas qualificadas em Associativismo e Cooperativismo nos municípios de Igarassu, Paulista e Ribeirão – convênio SINE/SEPLANDES, resultando na formação da Cooperativa de beneficiamento de macaxeira, em Monjope-Igarassu.

Qualificação Profissional para a Inserção Social:

O Instituto Brasileiro Pró-Cidadania está sempre em permanente articulação com parceiros governamentais, não-governamentais e privados na busca de soluções para as graves demandas sociais da região, em especial, a falta de perspectivas imediatas de inserção no mundo do trabalho de adolescentes e jovens, egressos de situação de rua ou risco pessoal, oriundos de comunidades situadas abaixo da linha de pobreza. Além de ter em seus quadros, um significativo número de jovens egressos de programas ou processos de qualificação social e profissional, a entidade também oferece estágios e vivências práticas nos próprios programas e projetos sociais desenvolvidos posteriormente e que apresentem o mesmo com foco e clientela. Normalmente, após um período de vivência prática em nível de complementação e pós-qualificação, dependendo das demandas, o jovem estagiário, dependendo das habilidades e competências adquiridas, pode ser absorvido ou encaminhado ao mercado via inserção junto a empresas ou organizações parceiras.