9 sinais que mostram o que é ser bem sucedido na vida

Salão usa insetos mortos para decorar unhas
Anitta versus Marquezine: quem vence batalha de divas no Instagram?
Após período sabático, Evaristo Costa deve migrar para o entretenimento
9 sinais de que você é bem sucedido na vida

Reprodução/ Pinterest 9 sinais de que você é bem sucedido na vida

O que significa ser bem sucedido para você? Um estudo realizado pela Universidade Strayer constatou que 90% dos americanos acreditam que a felicidade é um grande indicador de sucesso, muito mais do que o poder, posses, ou prestígio.

Leia mais

A pesquisa aponta ainda que 67% do sucesso é definido pelas “boas relações com amigos e família”, e 60% disseram que é amar o que você faz seu sucesso. Apenas 20% afirmaram que a riqueza é o verdadeiro sucesso.

Se você está nesses 20% que acredita que riqueza e ganhar muito dinheiro no trabalho é o único sinônimo de sucesso, vem ver essa listinha com 9 itens!

1. Você não é o centro do universo

Todos nós conhecemos pessoas “bem sucedidas” que agem como se eles fossem o centro do universo. É seu mundo e o resto de nós apenas vivemos nele. Certo? Isso não é sucesso. O verdadeiro sucesso requer a capacidade de sentir empatia e perceber que os sentimentos e sonhos de outras pessoas são tão importantes quanto os nossos, e não podemos ter sucesso sem eles.

2. Pensar positivo

Esperança e otimismo são componentes essenciais de uma vida feliz. Se você se debruçar sobre as coisas que dão errado, ficar amargo e ressentido, realmente as coisas vão começar a falhar. O sucesso real significa ver sempre o lado positivo e acreditar que você tem o poder de fazer até mesmo as piores situações melhorarem.

3. Você sabe que o fracasso não é para sempre

Você aprendeu que as únicas pessoas que nunca falham são aquelas que não tentam. Por isso, você “abraça” cada fracasso como uma oportunidade para aprender alguma coisa, e então você segue em frente. Seus erros pavimentam o caminho para o seu sucesso. Os maiores avanços surgem quando você está se sentindo frustrado e é essa frustração que o obriga a pensar de forma diferente, de olhar fora da caixa e encontrar uma solução.

4. Você tem que ter perspectiva

Às vezes, coisas ruins acontecem e faz parte da vida. Com as decepções você aprende a desenvolver a perspectiva.

5. Você pode pedir ajuda quando precisa

Nunca querer pedir ajuda, não importa o quanto você está lutando, é um sinal de imaturidade emocional. Pedir ajuda significa que você não sente que tem algo a provar, mostra que você não tem medo que as pessoas descubram suas fraquezas.

6. Você celebra a conquista dos outros

Só porque alguém alcança um grande sucesso, isso não significa que você sofre uma perda em igual proporção. Você só não ganhou naquele momento em particular. Um sinal claro de sucesso é a capacidade de celebrar as conquistas dos outros com entusiasmo sincero.

7. Você sabe a diferença entre drama e emoção

Se você preferir a estabilidade do que o drama, você está encontrando o sucesso.

8. Você não se importa com o que as outras pessoas pensam

Você só se preocupa com o que as outras pessoas pensam sobre quando você ainda sente que tem algo a provar. Por outro lado, você sabe que “fez” quando não se preocupar mais com isso, quando você é fiel a si mesmo e aos seus princípios, e está satisfeito com sua vida.

9. Você aceita que você não pode mudar certas coisas

Há uma diferença entre o pessimismo e a praticidade. Se há um furacão vindo em sua direção, não há nada que você possa fazer para impedi-lo. Mas quando você aceita que o furacão está chegando, você pode começar a trabalhar para diminuir os efeitos dele.

 

Como resolver 7 problemas nos relacionamentos

1 de 7


Compartilhe
Twitter
Google +

1) Você percebe que o outro não pode ser seu “tudo”

Todo mundo espera demais dos pares: eles precisam ser almas gêmeas, melhores amigos, companheiros de aventura, conselheiros financeiros e profissionais, parceiros sexuais e referência de família. A verdade é que é praticamente impossível para um único ser humano suprir todas estas demandas. “Todas estas necessidades – que são naturais – devem ser direcionadas a pessoas diferentes, incluindo você mesmo. Você precisa ter amigos que também sejam seus parceiros de aventura e conselheiros profissionais”, comenta a terapeuta Angela Skurtu. E, completa: “Por exemplo, se você se casou com alguém tímido, mas você adora sair e ser o centro das atenções. Em vez de cobrar que a outra pessoa supra – sem sucesso! – esta necessidade sua, você pode simplesmente encontrar outra companhia ou outra maneira de colocar este lado extrovertido para fora”.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

2) O telefone ficará entre vocês

No começo do relacionamento, vocês trocavam mensagens de bom dia e boa noite e emoticons fofos. Mas, todo esse amor virtual não diminuia a vontade de encontrar pessoalmente. Bem, não é bem isso que acontece ao longo da convivência. “É muito fácil nesta vida corrida e com esta cultura tecnológica que perdamos a conexão pessoal rápido demais. Preste atenção e sempre reserve um tempo para realmente conversar cara a cara e deixar o celular de lado”, diz a psicoterapeuta Andrea Wachter.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

3) O sexo não vai ser incrível o tempo todo

Prepare-se para um sexo sem brilho ao longo do tempo. O desejo muda, os horários que não batem, a intimidade às vezes fica estranha. O movimento no quarto pode desacelerar bastante. “Falta de intimidade é a causa de vários outros problemas. Dê atenção para toques e coisas simples que mantenha isso, mesmo que a interação não termine em sexo. Andar de mãos dadas em público, beijar, dançar são algumas sugestões. Cuidado para não tratar o outro como amigo”, explica Andrea Watcher.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

4) Você não vai conseguir cumprir todas as suas metas no relacionamento

Você certamente traçou metas para o relacionamento ideal. Como, por exemplo, não dormir mais que três noites separados. Mas, segundo Laurel Steinberg, sexóloga e professora na Universidade de Columbia, a verdade é que algumas delas nunca serão atingidas. Uma dica para não cair na frustração? “Você deve lidar com estes pontos como algo que “gostaria” que acontecesse e não como uma “necessidade”, explica.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

5) Os hábitos ruins não vão milagrosamente desaparecer

Sabe aquele cabelo no ralo, a toalha molhada em cima da cama, a pasta de dente sem tampa, as luzes todas acesas e a incapacidade de fechar qualquer porta de armário? Tudo isso vai continuar. Aceita que dói menos. “Amar alguém é aceitar os hábitos ruins e entender que eles não vão sumir porque você pediu, gritou ou brigou um milhão de vezes. Relacionamento é amar mesmo diante da falta de mudança no comportamento. Pense nisso”, diz a psicoterapeuta Stephanie Buehler.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

6) Dinheiro será um problema

“All you need is love”? Os Beatles deixaram passar que para uma relação durar você precisa mais que só amor e também aprender a navegar em águas turbulentas durante crises financeiras. “Percebo no consultório que problemas com dinheiro deixam os homens deprimidos. E depressão torna muito difícil resolver qualquer problema, além de criar novos. O segredo é cuidar do assunto com a maior parceria possivel. Se apenas um assumir esta responsabilidade, há mais chances de ter ressentimento e distanciamento”, explica a conselheira Amanda Deverich.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

7) Monogamia será um desafio

Ser fiel dá trabalho. Claro que cada pessoa lida com o assunto de uma maneira, mas é quase impossível não sentir atração por outras pessoas e vez ou outra questionar se quem está ao seu lado é realmente a melhor pessoa para você. “O importante é ter em mente que por mais difícil, manter-se fiel vale a pena quando os dois têm o mesmo comprometimento. É preciso conversar sobre isso e trabalhar diariamente”, diz a psicoterapeuta Stephanie Buehler.

Créditos: Reprodução / Visual Hunt

Mais galerias

Anterior
Próxima

COMENTÁRIOS